Arquivo da categoria: Pensamentos

À minha grande amiga!

Hoje é o aniversário de uma das minhas melhores amigas nesse mundo! 🙂

Nem sei mais quantos anos fazem que estamos juntas… mais de 10 com certeza!

Você já sabe o quanto eu te amo e te quero bem. Mas mesmo assim, quero te dizer novamente, e te dar os parabéns mais uma vez.

Ontem comemoramos (antecipadamente) seu aniversário. E foi demais. Espero que tenhas gostado…

Só quero te desejar novamente, toda a felicidade desse mundo. Muitas alegrias, amor, saúde pra enfrentar essa vida maluca, e sucesso. Que Deus te abençoe e te dê muita paz.

Eu Amo Muito Você JAQUELINDA!!

DSCF0414

Beijos e abraços da Váh!

Sobre a humanidade

11232171_1590972824485211_8587614850085632446_n

Estava prestando atenção ao meu redor esses dias todos, e acabei percebendo como as pessoas podem ser desagradáveis, sem paciência, sem compreensão principalmente. Julgam logo de cara, sem pensar que pode ter outro lado. Eu sempre procuro pensar primeiro no lado bom. Mas a maioria vai logo criticando e brigando.

Graças à Deus eu não brigo nem discuto com ninguém. Estou sempre de bem com todo mundo, porque é assim que eu gosto de estar. Mas confesso que me sinto mal por essas pessoas que não vivem assim, positivamente.

Claro que eu não posso fazer nada. Nem falar sobre isso vai mudar o jeito como essas pessoas vêem as coisas. Eu mudei muito meu jeito de encarar a vida nos últimos anos, mas isso aconteceu de dentro pra fora. Eu fui me dando conta de que não era legal se irritar com tudo e todos, que é bom a gente ter compreensão e muita empatia.

Eu só desejo isso, para você que não sabe ter empatia, tente um pouco mais!

E sobre pensar positivo, acredito muito que dá certo! Assim como pensar negativo trás coisas desagradáveis e negativas, pensar positivo só vai fazer você se sentir melhor, e com isso você vai fazer o bem aos outros, e eles retribuirão… assim por diante. É uma corrente sem fim.

Não custa ter esperança no mundo!

Mudar é preciso!

A minha vida nunca mudou tanto como nos últimos 6 meses. EU nunca mudei tanto. Quem me conheceu até o fim do ano passado, não me reconheceria agora. E o bom disso é que eu mudei pra melhor. Sou uma Vanessa totalmente nova. Amadureci e ao mesmo tempo rejuvenesci.

Estou satisfeita com a minha vida!

Sou mais otimista. Mais alegre. Mais tranquila. Mais paciente. Sou um poço de tranquilidade na verdade. Aprendi a me amar. Me descobri. Mudei gostos e hábitos.

Adoro o meu trabalho pela primeira vez, mesmo sendo algo que sei que não vai ser por muito tempo. Estou satisfeita e dando o meu melhor.

Adoro sair, pra qualquer lugar. Topo tudo! Amo dançar. Ir no Bova e ficar até o fim do show (coisa que antes eu nunca faria). Eu rejuvenesci!

Gosto de ter minha agenda lotada de compromissos. Sair com todos os meus amigos, pra rir, conversar, comer e beber, dançar, viajar…

Gosto de ficar em casa. De fazer as minhas coisas.

Não tenho mais tanta vontade de ficar na cama. Quero viver!

Às vezes nem consigo fazer tudo o que eu gostaria… o dia termina antes. Tem dias que queria que tivesse umas 30 horas. rsrsrs

Estou mais desapegada. E ao mesmo tempo, mais vaidosa, e mais animada pra me arrumar.

Não sou mais tão preocupada com o dinheiro…

Na verdade, de todas as coisas que eu costumava me preocupar e sofrer com antecedência, praticamente não sofro por mais nada disso. Sempre que acontece um imprevisto, ou algo desagradável no meu dia, a primeira coisa que penso é: Calma que pra tudo se dá um jeito. O importante é resolver sem a cabeça quente. E tudo dá certo mesmo.

Aprendi que o pensamento positivo realmente funciona. Se você quer, você consegue!

Aprendi a esperar. Nunca pensei que pudesse aguentar tranquilamente em uma sala com mais de 6 bebês, todos chorando ao mesmo tempo. Acredite, eu levo isso na boa! E me sinto felicíssima por conseguir isso.

Venho aprendendo todo dia. E só quero viver sempre assim… Claro que ainda existem coisas em mim que tenho que mudar e melhorar. Não ser TÃO sincera, por exemplo. Sim! Isso nem sempre é bom. Nunca conseguir mentir pode atrapalhar às vezes. Não sei se gosto da ideia de mudar isso, mas vamos ver…

Quando vejo alguém estressado, irritado, sem paciência, com ódio, xingando… logo penso: eu já fui assim. E desejo muito que a pessoa consiga se transformar também. Porque acredite, o que mais sofre por ser assim é a própria pessoa.

O negócio é ser RELAX! Ser DO BEM! E fazer só o bem, sem olhar a quem.

😉download

25 coisas que aprendi nesses 25 anos

  1. A família é a base de tudo e a única coisa que realmente importa.
  2. Devo me amar e me aceitar antes de querer amar alguém.
  3. Nada nessa vida é para sempre.
  4. Depois dos 20 não dá pra continuar comendo as mesmas besteiras com a mesma frequência e continuar magra.
  5. Estudar é o investimento mais valioso na vida. Nunca é desperdiçado. Ninguém pode tirar de você o conhecimento adquirido.
  6. Amigos nem sempre são pra vida toda. Alguns passam para deixar algo de bom ou de ruim. Mas graças a Deus que tem aqueles mega especiais que estão sempre pertinho!
  7. Não fale tudo o que pensa. Às vezes é melhor guardar certas coisas para si.
  8. A tecnologia veio para ficar e não adianta evitar. O jeito é aprender a conviver com ela.
  9. Usar cremes hidratantes desde cedo e tirar a maquiagem antes de dormir faz toda a diferença na pele com o passar dos anos.
  10. Nunca se jogue de cabeça em um relacionamento antes de analisar onde está se metendo.
  11. Nunca case sem ter ao menos 99% de certeza.
  12. Viva e busque sua felicidade e realização antes dos outros, você deve ser sua prioridade sempre.
  13. Nunca empreste dinheiro ou pague algo pros outros. Você possivelmente se arrependerá, e muito provavelmente não irá recebem nem o dinheiro de volta, nem um agradecimento.
  14. Guarde dinheiro, tenha uma poupança para o futuro, e uma para emergências. Comece o quanto antes.
  15. Dedique-se ao máximo à sua carreira profissional para poder ter um futuro de sucesso e tranquilidade financeira.
  16. Invista seu dinheiro em coisas que te trarão algum retorno. Como um curso, uma viagem, um imóvel…
  17. Aprenda a se virar sozinho cedo. E não dependa de ninguém. Esteja pronto para qualquer coisa.
  18. Aprenda a fazer um pouco de tudo. Tarefas domésticas, trocar lâmpada, usar furadeira (Ainda não aprendi essa), ferramentas em geral, cozinhar…
  19. Aprenda outro(s) idioma(s).
  20. Beba muita água.
  21. Faça exercícios físicos.
  22. Tenha empatia pelos outros sempre. Seja compreensível e respeitoso.
  23. Seja bondoso e faça algo pelo próximo sempre que puder.
  24. Aproveite as oportunidades.
  25. Pesquise, e de preferência compre em liquidações.

Tudo isso, sem ser necessariamente nessa ordem.

11049460_906850686023095_4308005822942100038_n

E-stória

“Cara, tú não vai nem acreditar :
Continuo mergulhando sem saber nadar
-Cara, ‘cê não vai acreditá :
Mas eu tô plantando Manga na margem do Paranoá
-!Não acredito, cara! ?Quer trocar de lugar?
(às vezes fico a fim de mandar tudo pro espaço )
-!Calma aí maninho…tô voltando pro pedaço!
(se isso não der samba, pelo menos dá um abraço)

Agora…Agora…Virando as voltas que essa vida dá
Agora…Agora…Surfando Karmas e DNA

-Cara, tú não vai nem acreditar :
Aqui em Porto Alegre anda tudo ZH
-E, cara, ‘cê não vai acreditá :
Aqui em Brasilia ainda tem gente que gosta de trabalhá
-Cara, tú não vai nem acreditar :
Andei pensando no futuro com ortomolecular
-!Legal mano, também vou experimentá!
Mas se a coisa ficá preta o negócio é aquele chá
-Cara, tú não vai nem acreditar :
tava pensando mesmo nisso antes de conectar

Agora…Agora…Virando as voltas que essa vida dá
Agora…Agora…Surfando Karmas e DNA

-Adriane e Clara mandam beijos pra vocês
(coisas que não cabem nos encartes dos CDs)
-Talvez no final do ano ou talvez no final do mês
dou um pulo em Porto Alegre (Silva Jardim 433)

jogam bombas em Nova Iorque, jogam bombas em Cabul
como se jogassem a lata fora depois de beber um Red Bull
Master de TC, Flap de SP2
nós dois a pé na Carlos Gomes, camburão pintou depois
crepe de banana…advogados de havana
não pergunte quem foi Ana nem o que é “trottoir”

Agora…Agora…Virando as voltas que essa vida dá
o passado já foi, o futuro virá…Surfando Karmas e DNA

virando e-Stória…e-Stórias

(Rosana chegou, o futuro verá)”

-Engenheiros do Hawaii-

Ritos de Passagem

“Medo de voltar pra casa
Medo de sair de casa
E encontrar tudo no mesmo lugar

Medo de abrir os olhos
Medo de fechar os olhos
E enxergar o que não quer nem imaginar

? quanto tempo faz ? uma semana atrás ?
No topo do mundo, na crista da onda
Numa euforia de se estranhar
! pouco tempo faz ! uma semana atrás !
No topo do mundo, na crista da onda
Um mergulho em busca de ar

Tudo mudou, ela acordou
Estava onde nunca quis estar

Livre para ir e vir
Para ficar onde está
É outro modo de ver a queda

Livre como sempre quis
Livre como nunca imaginou
Só outro modo de ver o muro desabar

? quanto tempo faz ? uma semana atrás ?
No topo do mundo, na crista da onda
Numa euforia de se estranhar
! pouco tempo faz ! uma semana atrás !
No topo do mundo, na crista da onda
Um mergulho em busca de ar

Tudo mudou, ela acordou
Estava onde nunca quis estar
Ela mudou, tudo acabou
Ela está pronta pra recomeçar”

-Engenheiros do Hawaii-

Luiz83_Ritos_de_Passagem_desenho

A vida é o que você faz dela

Todo mundo já está cansado de saber que cada um tem o poder de se fazer feliz e tal. É claro que tudo é muito lindo em um texto, em um vídeo, uma poesia. Mas na vida real nem sempre é fácil de fazer o que deve ser feito.

Existem milhões de textos de auto ajuda com ideias e conselhos sobre o que fazer para ser feliz, o que fazer para ter sucesso, como ser feliz em um relacionamento e por aí vai. E no fundo são todos clichês, porque vamos confessar que, ao ler esses textos nós simplesmente sentimos que tudo ali é óbvio, a gente já sabia. Mas é ou não é bom ler algo que te dê um empurrãozinho, uma força, que te chacoalhe e grite “acorda pra vida”?

Os dias tem passado tão rápido. Somos crianças e de repente já estamos repletos de responsabilidades e compromisso. Não temos tempo para nada, precisamos estudar cada dia mais, trabalhar mais e mais, resolver problemas de relacionamentos… Tanto a resolver e decidir, mas o tempo para viver onde fica? Amigos já não podem mais se encontrar como faziam quando eram jovens, cada um tem sua vida e já não há muito espaço para outros. As famílias precisam se desdobrar para conseguir passar tempo juntos. As pessoas nem se conhecem mais. Sabem apenas o trivial, o que lhes convém.

Sinto que as pessoas estão distantes delas mesmas. Mal sabem o que desejam de verdade. É tanta informação, opções que jorram  na nossa cara, fazendo com que fiquemos ainda mais em dúvida do que queremos para nossa vida. Isso resulta em escolhas ruins, erradas, equivocadas. No quesito profissional, amoroso… e quando vamos ver, estamos infelizes, incompletos, não realizados.

Agora me diz como fazer para reverter essas situações? Cada um pode dizer uma coisa, e não tem opção certa ou errada. Na real, a coisa certa a fazer é aquela que vem de dentro de você. Sério! Aquela vontade que surge da alma, que te faz desejar aquilo com todas as suas forças. E se é o que se sente, não pode estar errado. Porque só o que importa nessa vida é que a gente seja feliz, e faça o que nos faz bem.

Mudança

16461096_RwUKZ

“Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma no outro lado da cama… Depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de TV, compre outros jornais… leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
A nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado… outra marca de sabonete, outro creme dental… Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não
vale a pena!”

– Clarice Lispector

About myself…

images

Estive pensando sobre a minha vida… tá certo que estou num momento meio deprê, mas o que vou falar não deixa de ser verdade…

Estou prestes a fazer 25 anos, e minha vida é uma bagunça. Sem sorte no amor e no jogo. Não encontro um emprego que me deixe no mínimo um pouco satisfeita. Estou em dúvidas se escolhi a carreira certa. E os namorados que tive seriam perfeitos, se não namorassem com uma louca problemática como eu.

Qual o problema comigo? Tenho uma família, tenho uma casa, nunca passei fome, nem dificuldades… e mesmo assim sou tão chata, enjoada, ingrata. Nada tá bom? Porque tenho que me sentir assim?

Imagine, começar 2 faculdades e desistir porque não gostei. Já tive 5 empregos… e os dois últimos fiquei só no período de experiência (45 dias). Casei com um cara que me amava e fazia tudo por mim… mas isso não bastou, já que eu tive problemas que não vou mencionar aqui. Meu segundo namorado, era tudo o que eu queria, mas não era carinhoso o suficiente – isso porque eu estava num momento crítico, e sempre tenho que começar coisas em momentos inoportunos. E o meu último namorado, era ótimo, porém, fui rápido demais e atropelamos as coisas (porque sempre começo as coisas em momentos inoportunos lembra?). Não vingou.

Eu não vou desistir dessa faculdade não… falta apenas 2 anos e meio. Se não for o que eu quero, tudo bem… depois eu faço outra coisa. Ou não.

Emprego? Sei lá o que vai dar… estou esperando ser chamada em algum lugar e mergulhar. Ficar lá até a faculdade acabar, ou até algum milagre acontecer.

Queria mesmo era sair daqui um pouco. Sair do país talvez… mas como?

Eu não sei mais o que pensar… espero sentir aquela coisa especial ou faço como todo o ser humano normal – trabalha no que dá e fica quieta?

Tenho que aprender a ser assim, me contentar com o que tem, e não ficar sonhando e esperando algo bom e ideal. Afinal, isso nem existe…

Digo o mesmo em relação aos homens… aprendi que eu sou esquisita e que nenhum homem merece me aturar. Nunca vou achar alguém do jeito que eu “quero”. Então melhor deixar como está…

Tem dias que sinto um vazio, como se minha vida estivesse incompleta. Na real está mesmo, já que não tenho nada definido. Anos atrás, achava que logo daria um jeito nisso, e teria uma vida normal… mas agora, já passou tanto tempo, e às coisas não mudam, nem melhoram… ao invés de aprender e evoluir, parece que eu só caio e dou com a cara na porta.

Estou com um mix de sentimentos que nem dá pra explicar. Vergonha, desânimo, decepção, raiva de ser assim, medo de como vai ser. Sei que amanhã é outro dia, e tudo pode acontecer… mas confesso que estou cansada.

Só quero que algo aconteça, e que tudo comece a fazer sentido.

Desculpa a todos os envolvidos na minha vida, por toda essa bagunça que eu sou!

tumblr_mzpxgq0BV31r858oto1_500

Receita do dia!

Fiz a minha tapioca para a janta de hoje!

Super simples, e ficou deliciosa!!!

Usei:

– meio cubinho de queijo Polenguinho Light

– meia fatia pequena de peito de frango

– cubinhos de tomate (não usei nem meio tomate)

Ficou saudável, e saboroso! Valeu!!

IMG_1822 IMG_1823 IMG_1824 IMG_1825

Amanhã tem cardápio novo! Primeiro dia de trabalho, pede alimentação leve e que sustente!